NFeCriaProcNFe

A função NFeCriaProcNFe é usada para gerar o arquivo XML autorizado ou denegado a partir do arquivo XML de envio assinado, função particularmente útil nos casos onde há perda do recibo de envio.

Tipo de Retorno

Boolean

Pacote

A função NFeCriaProcNFe está definida dentro do pacote NF-eCriaProcNFe.pkg.

Sintaxe

Move (NFeCriaProcNFe({sXMLNFeAssinado}, &{sProtocolo}, &{iResultado}, ;
                     &{sCertificado}, &{sMsgResultado}, {sProxy}, ;
                     {sUsuario}, {sSenha}, {sXMLNFeProcNFe}, {bExibeErro}, ;
                     {sSiglaWS})) to {bRet}

Onde:

  • {sXMLNFeAssinado} é o caminho do arquivo XML assinado. O arquivo deve ser o mesmo que foi enviado e teve o recibo perdido, pois se foi feita a geração de um novo arquivo com qualquer alteração a função não funcionará;
  • &{sProtocolo} é uma variável do tipo String que precisa ser passada por referência e que após a execução da função receberá os dados do protocolo de autorização (caso a NF-e tenha sido autorizada) no formato nnnnnnnnnnnnnnn dd/mm/aaaa hh:mm:ss;
  • &{iResultado} é uma variável do tipo Integer que precisa ser passada por referência e que após a execução da função receberá o código do cStat do SEFAZ. Por exemplo: 100 é autorizada, 101 é cancelada e 110 é denegada (consulte o manual de integração para mais detalhes);
  • &{sCertificado} é a string que representa o certificado digital que será usado na transmissão dos dados. Se não for informado, uma tela será exibida para o usuário escolher um dos certificados instalados para o usuário corrente. Veja mais detalhes sobre como informar este parâmetro clicando aqui;
  • &{sMsgResultado} é uma variável do tipo String que precisa ser passada por referência e que após a execução da função receberá a mensagem literal do resultado da chamada do Web Service;
  • {sProxy} é usado para informar o endereço do servidor proxy, se necesário. Por exemplo ’http://proxyserver:port’. Verificar com o cliente qual é o endereço do servidor proxy e a porta https, pois a porta padrão do https é 443, e sendo assim teríamos algo como ’http://192.168.15.1:443’;
  • {sUsuario} é usado para informar o usuário para autenticação no proxy, se necessário;
  • {sSenha} é usado informar a senha de autenticação no proxy, se necessário;
  • {sXMLNFeProcNFe} é caminho onde deve ser gerado o arquivo com os dados de autorização. A mesma variável informada em {sXMLNFeAssinado} pode ser usada caso a intenção seja sobreescrever o arquivo original;
  • {bExibeErro} é usado para indicar se a função deve exibir ou não os erros que ocorrerem na execução;
  • {sSiglaWS} é a sigla do Web Service para o qual será enviada a solicitação de consulta para receber os dados de autorização para montagem do arquivo. para mais detalhes, clique aqui.
  • {iRet} é o retorno da execução da função, sendo que True indica que o arquivo autorizado foi gerado e False indica que não foi gerado um arquivo autorizado. Entretanto o arquivo denegado pode ter sido gerado, então faz-se necessário consultar o resultado em {iResultado}.

Observação

  • Diferentemente das outras funções, o parâmetro {sCertificado} precisa ser passado por referência porque na primeira versão da NFeLibrary, embora não fosse necessária a passagem por referência, a definição da função era dessa forma. E para evitar que os desenvolvedores tivessem de alterar o código de chamada da função ao migrar da versão 1.0 para a versão 2.0 da NFeLibrary a passagem por referência foi mantida.

 

Não encontrou o que precisava, entre em contato conosco.